Filme: Cidades de Papel

17:35


Hey people, how are you?
Hoje trouxe a resenha do filme "Cidades de Papel", versão cinematográfica do livro de mesmo nome do autor John Green, mas conhecido por ter escrito "A Culpa é das Estrelas". Diferentemente de ACEDE, no qual eu só consegui chorar e chorar, em CDP, eu me diverti bastante e dei boas risadas. Que tal pararmos de enrolação e irmos logo para a resenha?! <3


Título: Cidades de Papel
Ano: 2015
Duração: 1h 49min
Elenco: Nat Wolff e Cara Delevingne
Gênero: Aventura, Romance, Drama
Minha classificação: 4,5/5

A história é centrada em Quentin Jacobsen (Nat Wolff) e sua enigmática vizinha e colega de escola Margo Roth Spiegelman (Cara Delevingne). Ele nutre uma paixão platônica por ela. E não pensa duas vezes quando a menina invade seu quarto propondo que ele participe de um engenhoso plano de vingança. Mas, depois da noite de aventura, Margo desaparece - não sem deixar pistas sobre seu paradeiro.
Minha opinião:  Como já disse ali em cima, eu me diverti e ri bastante com o filme. Achei a história bem legal, e é o tipo de história que acontece na vida real, deixando o filme ainda mais interessante. Amei o Quentin, o achei super fofo e Nat Wolff soube interpretá-lo muito bem! Já a Margo não me convenceu, a achei uma menina mimada, que está acostumada a ter tudo que deseja sem muitos esforços, e que não está nem aí para os sentimentos dos outros ou o que pensam sobre ela. Fiquei com muita pena do Quentin, e com muita raiva da Margo pela indiferença que ela demonstra em relação aos sentimentos dele. Fica bem claro que para ela tudo aquilo não teve importância alguma e que não passou de uma brincadeira. 
Outra coisa que me chamou atenção foi que mesmo Margo sendo uma das meninas mais populares da escola, senão a mais popular, ela não é nada feminina, muito menos patricinha, como estamos acostumados a ver nos filmes, e é super sem sal. Seu jeito de andar é super masculino, e por mais que tenha achado interessante o estilo da protagonista fugir dos padrões, eu não gostei. Apesar de todas as coisas que não gostei em Margo, achei bem legal ela querer aproveitar o presente, ser feliz no agora e não apenas no futuro, levando isso para sua vida! 
A amizade e a autodescoberta são destaques no filme, e provam como ter seus amigos ao seu lado é importante. A parte que achei mais legal foi quando Quentin e seus amigos, Ben e Radar, em um momento de tensão, cantam com todas as suas forças, a abertura de Pokémon, e admito que cantei junto! hahaha E há um pouco de ACEDE na trama, pois o ator Ansel Elgort tem uma breve aparição no filme e como todos sabem, Nat interpretou Isaac em "A Culpa é das Estrelas". Gostei muito do filme e acho que vale super a pena assistir!


E vocês, já assistiram ao filme? O que acharam? xoxo

You Might Also Like

1 comentários, comente também!

  1. To querendo tanto assistir esse filme, acho que vou ver hoje mesmo. ♥ Arrasou
    Beijos
    Vou Arrasar

    ResponderExcluir

CADASTRE-SE AGORA!

Receba um e-mail de cada nova postagem! É rápido. É fácil. É gratuito.

Popular Posts

Flickr Images

Filmes Séries Textos Livros Sapatos Beleza Top 5 Música